descrição do blog

Este é um espaço para trabalhos de criação e confecção próprias.
Aqui você encontrará trabalhos em Tear de Tricô, Tricô à Máquina,
com receitas básicas, fotos explicativas, gráficos de peças e de pontos, inclusive para iniciantes nas técnicas apresentadas.
Haverá, também, trabalhos em Tricô com Agulhas e com os Dedos, Crochê Barbante e Tunisiano, Reciclagem, Customização, Costura
e algumas peças que foram confeccionadas a partir de ideias deste maravilhoso mundo virtual.
Receitas de terceiros estarão com os devidos créditos, respeitando os direitos autorais.
A intenção é compartilhar formas de terapia simples e econômicas!

bem vindos

Bem-vindos!
Houve uma mudança no nome do blog, mas ele continua o mesmo!
Agora, você encontrará outras técnicas de trabalhos manuais.

Avisos

Role a página para visualizar algumas peças e clique nos links à esquerda
para ver as páginas com as receitas.



ATENÇÃO:
Para divulgar qualquer material deste blog, use links de redirecionamento, por favor.
Assim, seus visitantes e amigos poderão conhecê-lo... Obrigado.


Se houver alguma peça que ainda não esteja com a receita ou o gráfico
(ou com problemas na visualização),
por favor, avisem-me (email, caixa de recados do blog ou facebook).
Obrigado.


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Meia no tear manual de tricô

Novo método: "pregos em suspenso"

Meia cano curto, Tam. 34/35
Material:
2 novelos Família Pingüim, tear de tricô com cala de 2,5cm
Execução: Monte 24 pregos no tear e teça em ponto barra por 6 carreiras. Mude para o ponto pérola e teça 16 carreiras. Na 17ª carreira, comece a suspender os pregos, seguindo o
passo a passo. Agora, teça em todos os pregos por 19 carreiras para a sola do pé. Na 20ª carreira, inicie a ponta do pé da mesma forma trabalhada para o calcanhar e, quando voltarem todos os 12 pregos, teça uma carreira nos 24 pregos. Retire os pontos com agulhas de tricô e faça a costura como explicado no passo a passo.
Faça o outro pé da mesma forma, invertendo a posição do calcanhar e da ponta.
Dica: para aumentar o cano da meia, aumente o número de carreiras antes de iniciar o calcanhar.
Aumente, na sola, 3 carreiras a mais para cada número maior que o indicado na receita e 3 carreiras a menos para cada número menor.
Fiz o ponto barra tecendo *2m,1t,2m,1t*. Mas existem outros pontos para barra.

(criado em 07/08/09, receita publicada em 14/08/09)

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Gravata no tear

Gravata no Tear de Pregos ou Tear de Tricô
Primeiro fiz com a lã mesclada, achei muito estreita e, então, fiz a creme (com uma listra só para experimentar) e... ficou curta!
Os pontos estão tortos... poderia ter ficado melhor, mas pelo menos já sabemos que dá pra fazer, né? Valeu a experiência e a grande descoberta que fiz: NÃO SEI DAR NÓ EM GRAVATA! (rsrsrs)
(data da postagem original: 19/7/09)

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Gorro e Cachecol à Máquina

Tricô à Máquina
Aparência e textura de peças feitas no tear de pregos...
mas foram feitas à máquina com o ponto 2x2, que a nossa carinhosa amiga Rose Mary me passou... demorei pra fazer o teste, mas quando fiz... AMEI!
Rápido, prático e com a textura e beleza de uma peça feita no tear de pregos.

Obrigado, Rose Mary!
(Tricô à Máquina Rose Mary)
Material: 1 novelo do fio Brilho para o conjunto
Cachecol: monte 41 agulhas alternadas e teça, na regulagem 10, por mais ou menos 200 carreiras, não esquecendo de cortar as FRANJAS antes de iniciar o trabalho. Arremate de acordo com a técnica explicada no link "Ponto 2x2". Deixe descansar e passe levemente "esticando" as bordas e coloque as franjas.
Gorro: monte 81 agulhas alternadas e teça, na regulagem 8, por 30 carreiras. Arremate de acordo com a técnica explicada abaixo. Obs.: o gorro da direita ficou com uma dobra maior, pois fiz 40 carreiras.
Obs.: Esta técnica faz com que o trabalho aumente um pouco mais que o dobro do comprimento, diminuindo um pouco a largura.
(data da postagem original: 13/7/08)

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Gorros


Feito no Tear de Tricô........................................ Feito à Máquina

Tear: Monte os pontos em 30 pregos (aumente ou diminua a cala para obter um ponto mais aberto ou fechado, respectivamente) e trabalhe por 50 carreiras. Arremate e una as duas partes menores (a largura), com uma agulha de tapeçaria “imitando o ponto meia”. Em uma das partes maiores (comprimento), passe o fio por entre os pontos e puxe para franzir. Neste gorro eu prendi a dobra.
Máquina: Monte os pontos em 100 agulhas, trabalhe por 30 carreiras e dobre o trabalho para fazer a barra. Continue por mais 90 carreiras (gorro pequeno) e arremate. O acabamento é o mesmo.

Cachecol e Gorro Mesclados

Tear de Tricô

Gorro
Material: tear de tricô, fio flash color (ou similar - médio), cala de 3cm
Execução: monte os pontos em 20 pregos e trabalhe em ponto pérola (o trabalho fica mais aberto) por 50 carreiras. Arremate deixando uma sobra de fio. Com uma agulha, passe esta sobra de fio por todo o comprimento do trabalho (nas 50 carreiras) e puxe-o. Costure as laterais. Este tamanho permite que você faça a dobra no gorro.

Cachecol
Material: tear de tricô, fio flash color (ou similar - médio), cala de 3cm
Execução: monte os pontos em 20 pregos, usando o método do início com franjas e teça por 1,50m em ponto pérola (dependendo do tamanho desejado). Arremate o trabalho já colocando as franjas.

Dica: se quiser uma trabalho mais "fechado", trabalhe com o ponto meia.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Polaina

Tricô à máquina
Material: Fio industrial dobrado (2fios), Regulagem 2 e 3
Execução: Monte 80 pontos na máquina, teça 31 carreiras e dobre para fazer a barra (nesta carreira de dobra, aumente para 5 a regulagem do ponto - caso não tenha frontura ou faça-a com agulhas alternadas). Mude para a regulagem 3 e teça 250 carreiras. Arremate.
Acabamento: deixe descansar, passe levemente e costure. Caso queira, deixe uma abertura, há aproximadamente 6 cm do final do trabalho, para o calcanhar.

Polaina Infantil:
apenas reduza o número de pontos e de carrreiras: 60 pontos x 180 carr., mais ou menos, dependendo da altura da menina.


Obs.: para fazer listras é só mudar o fio após a barra e seguir fazendo a troca dos fios até o final do trabalho.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Perneira (Polaina longa)

Tricô à Máquina
Bom, como a modelo do blog é bailarina, não poderia faltar uma perneira!

Tam. P

Fio industrial dobrado (2fios), Regulagem 2
Execução: Monte 100 pontos na máquina e teça 30 carreiras. Dobre para fazer a barra.
Após a barra e na 10ª carr, comece a dim, de cada lado, 1 pt a cada 10 carr x 4 vezes. Na 55ª carr, dim, também de cada lado, 1 pt a cada 15 carr X 16 vezes, até ficarem 60 pts (num total de 280 carreiras). Teça mais 80 carr e arremate todos os pontos.
Acabamento: Passe levemente e costure deixando uma abertura (há aproximadamente 5 cm do final do trabalho) para o calcanhar.

(postagem original em julho de 2006)

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Meia no tricô à máquina

Meia cano curto
tricô à máquina
Tam. 37/38

Material: fio cristal (3/15)
Execução: monte 48 pontos na máquina, regulagem 8 e trabalhe 21 carreiras. Faça a dobra e teça 90 carreiras para formar o cano.
Calcanhar: Coloque 24 agulhas em suspenso à direita e trabalhe nas 24 agulhas da esquerda, suspendendo 1 agulha de cada lado, sempre do lado oposto ao carro (não se esquecendo de laçar a 1ª agulha em suspenso do lado do trabalho – e do carro - antes de passar o carro) até sobrarem 8 agulhas. Retorne 1 agulha de cada lado (não precisa laçar na volta), até retornarem as 24 agulhas.
Sola: teça 40 carreiras para formar a sola.
Ponta do pé: trabalhe da mesma forma que o calcanhar, invertendo as posições: ficarão em suspenso agulhas da esquerda e serão trabalhadas as da direita. Quando voltarem todas as agulhas, faça uma carreira e retire em um fio de outra cor.
Acabamento: pegue os pontos com auxílio de 2 agulhas de tricô, para facilitar a costura. Faça a costura invisível na ponta e na lateral.
Obs.: "laçar" significa deixar o fio sob aquela agulha e sobre as outras (ao levar o carro até o fim do trabalho, o fio fica "por cima" as agulhas, assim e antes de voltar o carro, coloque o fio embaixo da agulha em suspenso que estiver do lado do trabalho).
Gráfico para a meia

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Cachecol


Tear de Tricô......Tear de Tricô......Tricô à Máquina

Cachecol Branco: 150 gramas de fio Cristal (1,70cm X 22cm)

Execução: Monte 60 pontos na máquina, trabalhe na regulagem 8 por 600 carrreiras e arremate. Corte os fios com 30 cm (mais ou menos) para franjas com 12cm.

Volte ao início!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Mochila 2 em 1

Feita no Tear de Tricô, no Tear Quadrado e no Tear Rabo de Gato

Versátil, pois pode ser usada como mochila e como bolsa, com porta celular.

A receita está no link "Trabalhos em Barbante"

Bolsa Pequena

Feita em Crochê Barbante
Não tenho a receita, pois na época nem imaginava que precisaria dela para o blog (rsrsrsrs).