descrição do blog

Este é um espaço para os trabalhos de criação e confecção próprias em Tear de Tricô (Tear Manual ou Tear de Pregos) e Máquina de Tricô,
com receitas básicas, fotos explicativas, gráficos de peças e de pontos, inclusive para iniciantes nas técnicas apresentadas.
Há também trabalhos em Tricô com Agulhas, Tricô de dedos, Crochê Barbante e Tunisiano.
Receitas de terceiros estão com os devidos créditos, respeitando os direitos autorais.
A intenção é compartilhar estas formas de terapia simples e econômicas!

bem vindos

Bem-vindos! É sempre um grande prazer ter você aqui no Tear e Tricô à Máquina!

Outras paixões

Avisos

Role a página para visualizar algumas peças e clique nos links à esquerda
para ver as páginas com as receitas.


Para divulgar qualquer material deste blog, use links de redirecionamento, por favor.
Assim, seus visitantes e amigos poderão conhecê-lo... Obrigado.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Blusa Versátil Angel

Uma blusa, várias opções
Tricô à Máquina (sem frontura)
Tam. P (40/42)

Material: 1 novelo da linha Cléa 5, regulagem 9, cartela (foto abaixo)
Execução
Parte 1: monte 85 pontos em agulhas alternadas (SEM frontura) e teça por 51 carreiras, dobre e teça uma carreira (170 agulhas), com uma regulagem maior, para formar a barra.
Zere o contador.
Coloque a cartela e teça 150 carreiras (mais ou menos 40 cm). Depende do comprimento desejado. Arremate e una as laterais para formar a blusa "tomara que caia".
Parte 2: monte 20 pontos e teça 400 carreiras (faixa com mais ou menos 1,10 m, que será a largura da parte de cima da blusa). Arremate.
Montagem: você pode unir as partes, observando as fotos acima ou pode usar a sua criatividade para uni-las como quiser.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Casaquinho 2 Retângulos


Este é o original, feito à mão. Foto encontrada na internet por uma amiga
e
este eu adaptei para o tricô à máquina

Tam P (40/42)
Pode ser usado dos dois lados: os botões foram colocados no avesso e no lado direito uma presilha.

Fio usado: Cristal 3/15 - Regulagem 9
Retângulo largo com 0,80 m x 0,40 m, cartela 4: 100 pontos x 340 carreiras
Retângulo estreito com 1,10 m x 0,20 m, cartela 7: 40 pontos x 660 carreiras
Explicar com palavras ficaria complicado, por isso preferi mostrar a montagem com fotos, acrescentando algum texto.
Espero que eu tenha conseguido explicar.

Fotos mostrando a montagem.








segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Blusa azul mesclada - Tricô à Máquina


Blusa ou Pulôver azul mesclado
Tam P (40/42)

Material: Lanofix SK 280, SEM frontura, 2 fios 2/28 na cor azul e 1 fio 2/28 na cor preta, mesclados, cartela 7 para a frente e costas, mangas em ponto meia.
Execução:
Frente - Monte 60 pontos em agulhas alternadas e teça 61 carreiras, na regulagem 4.
Puxe as 60 agulhas que estavam fora de trabalho, dobre a barra e coloque as laçadas da primeira carreira na 61ª carreira, formando uma barra sanfona com agulhas alternadas.
Zere o contador. Mude para a regulagem 6. Usei a cartela 7.
Nas 120 agulhas em trabalho, teça 250 carreiras (ou mais, dependendo da altura que você deseja).
Zere o contador.
Comece a cava, diminuindo nos dois lados: 1x4p, 1x3p, 1x2p e 1x1p, sempre do lado do carro. Sobram 100 pts. Continue tecendo por 80 carreiras.
Zere o contador.
Comece o decote, arrematando os 16 pts centrais, deixando um dos lados em suspenso (42 agulhas na posição D e alavancas russel na posição I) para fazer as partes separadas. Continue tecendo as 42 agulhas da primeira parte (lado direito ou esquerdo), diminuindo do lado do decote: 5x2p e 6x1p (sobram 26 pts). Se desejar faça uma pequena inclinação para o ombro, levantando 6x4p do lado contrário ao decote (lado da cava), volte as agulhas com o transportador e faça mais uma carreira com as 26 agulhas restantes.
Arremate (ou tire em fio de outra cor).
Zere o contador.
Faça a outra parte igual, colocando as outras 42 agulhas que ficaram fora de trabalho (alavanca russel na posição II).
Costas:
Igual à frente, só que, após as diminuições das cavas, teça por 90 carreiras.
Zere o contador.
Comece o decote, arrematando os 26 pts centrais, deixando um dos lados em suspenso (37 agulhas na posição D e alavancas russel na posição I) para fazer as partes separadas. Continue tecendo as 37 agulhas da primeira parte (lado direito ou esquerdo), diminuindo do lado do decote: 3x2p e 5x1p (sobram 26 pts). Se desejar faça uma pequena inclinação para o ombro, levantando 6x4p do lado contrário ao decote (lado da cava), volte as agulhas com o transportador e faça mais uma carreira com as 26 agulhas restantes.
Arremate (ou tire em fio de outra cor).
Mangas:
Monte 30 pontos em agulhas alternadas e teça 61 carreiras, na regulagem 4.
Puxe as 30 agulhas que estavam fora de trabalho, dobre a barra e coloque as laçadas da primeira carreira na 61ª carreira, formando uma barra sanfona com agulhas alternadas.
Zere o contador. Mude para a regulagem 6. Ponto Meia.
Aumente 1 pt de cada lado, na primeira carreira e a cada 12 carreiras 14 vezes.
Teça os 94 pontos até atingir 300 carreiras (40cm). Se quiser mais comprida teça mais carreiras.
Zere o contador para começar as dimuições: 1x8p, 1x3p, 1x2p, 21x1p, 1x2p e 1x3p. Sobram 16 pontos. Arremate ou tire em fio de outra cor.
Acabamento:
Costure um dos ombros e levante a quantidade de pontos necessária, em volta do decote (frente e costas) e teça 80 carreiras para formar a gola.
Esta gola pode ser feita com agulhas alternadas: depois de levantar os pontos, teça uma carreira e coloque os pontos em agulhas alternadas, com a ajuda do transportador de pontos. Teça a quantidade de carreiras desejada, tire em fio de outra cor, dobre para o avesso e costure.
Una as outras partes da peça.

Demorei pra publicar esta receita, portanto, se notarem a falta de alguma informação, por favor avise-me.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Cachecol com franja lateral

Tricô à Máquina
Embora eu prefira peças discretas, fiquei curiosa em ver como ficaria um cachecol com franjas laterais, no tricô à máquina, e este foi o resultado.
Experimentei de cinco formas diferentes e selecionei estas duas.

Faça o cachecol que você preferir.
No fim do trabalho, NÃO arremate os 6 primeiros e os 6 últimos pontos (mais ou menos), deixando que eles caíam (ficarão soltos). Arremate os outros pontos. Desmanche os pontos não arrematados até a primeira carreira do trabalho.
Pronto, as franjas ficarão nas laterais.
Você pode, também, deixar cair os pontos apenas de um lado do trabalho, fica bem legal.

domingo, 3 de agosto de 2014

Ventilador ou Enrolador?

Enrolador de fios feito com um ventilador
Quem não tem cão, caça com o gato... é isso mesmo?
Como já devo ter falado, o meu terceiro enrolador quebrou. Cansei de comprar! Quando precisei, usei o mixer, fiz um cone e até que não ficou ruim. Mas, como eu preciso dele (mixer) na cozinha e está frio mesmo, cortei as "abas" ou "facas" (sei lá) de um ventilador pequeno e adaptei.
Funciona mesmo!
E o melhor é que posso regular a velocidade. Amei!

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Casaco vinho

Um casaco fashion
Execução:
(Cartela 7 e fio cristal 3/15)
Monte os pontos em 110 agulhas (60 cm) e teça 1.300 carreiras (2,10 m), na regulagem 8.Arremate.
Montagem (gráfico abaixo):
Dobre o retângulo ao meio (este meio será o ponto C) e una as laterais A e B, por 35 cm (G1), para encontrar o ponto D (G2). Una o ponto C (a metade do trabalho) ao ponto D, costurando para a esquerda por 20 cm (G2).Costure para a direita, também 20 cm. Deixe o restante sem costura (18 cm), de cada lado, que será a abertura para os braços (manga).
Obs.: Alinhavei com o fio rosa (foto 1), para melhor visualização da costura. Na foto 2, a peça já fechada.
Imaginem um acabamento em ponto de barra em toda volta e nos punhos. Fica show!
(3,30 m só a volta - rsrs -preguiça).
Gráfico para montagem
   
Espero que eu tenha conseguido explicar.

sábado, 26 de julho de 2014

Sapatinho adulto

Tricô à Máquina
Vi  este modelo de sapatinho feito no tricô com agulhas e como é bem fácil,
pode ser feito em qualquer técnica. 
Este eu fiz à máquina.

Modo de fazer
Monte os pontos em 50 agulhas e teça 10 em ponto meia (ou ponto barra). Coloque a cartela número 3 (ou outro ponto ou cartela escolhida) e teça mais 100 carreiras.
Puxe o fio da carreira inicial, franzindo para formar a ponta do pé.
Dobre o trabalho ao meio e costure a parte de trás para formar o calcanhar.
Use a sua criatividade para fazer o acabamento.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Meias

Meia Soquete (tam.33/34)
Fazendo meias pra aquecer meus pezinhos

Execução:
Barra (sem frontura): monte os pontos em 30 agulhas alternadas e trabalhe em ponto sanfona com agulhas alternadas, na reg.4, por 31 carreiras e dobre, para formar a barra, transportando os pontos da primeira carreira para as agulhas que estavam fora de trabalho, completando os 60 pontos, mude para reg.6 e teça uma carreira.

Cano: zere o contador e teça 30 carreiras na reg.6 e comece a fazer o calcanhar

Calcanhar: Coloque 30 agulhas em suspenso à direita e trabalhe nas 30 agulhas da esquerda, suspendendo 1 agulha de cada lado, sempre do lado oposto ao carro (não se esquecendo de laçar a 1ª agulha em suspenso do lado do trabalho – e do carro - antes de passar o carro) até sobrarem 10 agulhas. Retorne 1 agulha de cada lado, até retornarem as 30 agulhas.

Sola: teça 50 carreiras para formar a sola.

Ponta do pé: trabalhe da mesma forma que o calcanhar, invertendo as posições: ficarão em suspenso agulhas da esquerda e serão trabalhadas as da direita. Quando voltarem todas as agulhas, faça uma carreira, mude a regulagem para um número maior, faça mais 1 ou 2 carreiras com fio de outra cor e retire o trabalho das agulhas.
Faça o outro pé, invertendo as posições do calcanhar e ponta (se na primeiro pé, foram colocadas em suspenso as agulhas da direta, coloque agora em suspenso as da esquerda) 

Acabamento: pegue os pontos com auxílio de 2 agulhas de tricô, para facilitar a costura. Faça a costura invisível na ponta e na lateral.

Meia 3/4

Faça da mesma forma, aumentando a quantidade carreiras que formam o cano. Eu teci 120 carreiras.


(posted by Angela Maria em 22-07-2014)