descrição do blog

Este é um espaço para trabalhos de criação e confecção próprias.
Aqui você encontrará trabalhos em Tear de Tricô, Tricô à Máquina,
com receitas básicas, fotos explicativas, gráficos de peças e de pontos, inclusive para iniciantes nas técnicas apresentadas.
Haverá, também, trabalhos em Tricô com Agulhas e com os Dedos, Crochê Barbante e Tunisiano, Reciclagem, Customização, Costura
e algumas peças que foram confeccionadas a partir de ideias deste maravilhoso mundo virtual.
Receitas de terceiros estarão com os devidos créditos, respeitando os direitos autorais.
A intenção é compartilhar formas de terapia simples e econômicas!

bem vindos

Bem-vindos! Fiquem à vontade!

Avisos

Role a página para visualizar algumas peças e clique nos links à esquerda
para ver as páginas com as receitas.



ATENÇÃO:
Para divulgar qualquer material deste blog, use links de redirecionamento, por favor.
Assim, seus visitantes e amigos poderão conhecê-lo... Obrigado.


Se houver alguma peça que ainda não esteja com a receita ou o gráfico
(ou com problemas na visualização),
por favor, avisem-me (email, caixa de recados do blog ou facebook).
Obrigado.


segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Revista Figurino Tricô da Editora On Line

Edição de maio de 2009
Foi uma grande surpresa pra mim! A gente vive procurando alegria em lugares maravilhosos, mas distantes, e não percebe que ela, muitas vezes, está nos lugares mais simples. Devo esta publicação a todos os visitantes do blog, pois são eles que o tornaram bom! 
(data original da postagem: 19/5/09)

domingo, 26 de outubro de 2008

Quem sou?

Sou Paulistana, tenho uma filha maravilhosa que me dá muito orgulho (a modelo principal do blog) e uma colaboradora que me ajuda nos trabalhos de casa. Tenho muitos amigos, graças a Deus, e peço a Ele que os abençoe sempre, assim como à minha família, que é pequena, mas leal e honesta. Sou servidora pública estadual há quase 30 anos, me considero uma boa profissional e gosto muito da minha função. Sempre fui apaixonada por fios (até os elétricos - rsrsrs) e a minha distração nas horas de folga é brincar com eles... Assim, aprendi a tecer à MÁQUINA (na Lanofix Tricomatic), à MÃO, em TEAR de TRICÔ, TEAR QUADRADO, TEAR RABO DE GATO, CROCHÊ (inclusive o TUNISIANO) e não me atrapalho em BORDADOS (Tecidos ou Telas).
Como tudo começou: cresci entre fios, pois minha mãe fazia tricô e bordava. Naquela época usava-se muito malha de lã bordada à mão e a minha mãe sempre foi muito boa em trabalhos artesanais! Bem... “filho de peixe, peixinho é”. Então, minha mãe ganhou a Lanofix "Tricomatic” (Alguém se lembra? Ainda tenho!). Minha mãezinha, que Deus a tenha, não sabia manuseá-la, mas tinha o manual. Vocês não têm idéia de quantas roupas fiz naquela máquina. Somente em 2005, resolvi comprar a Lanofix SK280. Comecei, então, a fazer cachecóis e polainas para treinar e hoje, sempre que tenho tempo, teço uma peça ou outra. Adoro criar e as peças que faço são exclusivas, em sua maioria. Através de pesquisas na Internet sobre trabalhos feitos à máquina, acabei entrando em comunidades sobre Tear, que era uma febre e... eu embarquei! Em um "site" encontrei um PROJETO DE TEAR DE TRICÔ e não tive dúvida: imprimi o projeto, confeccionei o meu tear e matei a saudade! Aprimorei, fazendo teares para as amigas, que quiseram aprender a tecer, até que fiz o Tear Regulável de Tricô, o Tear Quadrado e o Tear Rabo de Gato. Uma pausa para uma pequena estória sobre estes teares. Aprendi a trabalhar com o Tear Rabo de Gato aos 7 anos de idade: era feito em “carretel” de linha, com 4 pregos em volta do furo central. Com o Tear de Tricô, depois dos 15 anos e era bem mais simples do que agora, mais rústico. Foi uma senhora mineira, Lurdes, quem me apresentou a técnica e, àquela época, eu desconhecia o nome. Bom, eu jamais imaginei que voltaria a tecer aqueles longos “rabos de gato” e cachecóis, depois de tanto tempo. O mundo dá tantas voltas, não é verdade? A partir daí, adquiri os pontos na CENTER-LÃ, fiz uma amostra de todos eles e os divulguei em comunidades de tear no “Orkut” (outra febre) , juntamente com uma amiga “Regina Céli” (pessoa que se tornou muito especial em minha vida). Com a troca de conhecimentos, acabei criando um grupo no “Yahoo” denominado “Tear Manual”, onde publiquei os gráficos dos pontos que possuía e que fizeram um sucesso relativo. Assim e no início de 2006, comecei a planejar e montar este “Blog”. Não foi fácil, mas conclui e publiquei no final do primeiro semestre do mesmo ano.
Confesso que isso me deixa muito feliz, pois é uma grande realização ver meus trabalhos publicados e pessoas de todo lugar tendo acesso a eles.
Como é bom poder compartilhar! É, sem dúvida, um sonho que se tornou realidade e, por isso, aqui fica o meu agradecimento a todos que colaboraram para esta realização!
Beijos,
Angela Maria
(data original da postagem: março de 2006)